Perfil:
Sinval Lacerda


Arquivos:

Amigos (0)::


Com a ajuda dos novos valores proporcionados pela Logosofia pude perceber que a evolu√ß√£o consciente deve ser realizada em todas as ordens da vida com a interven√ß√£o constante da consci√™ncia, para que possamos cumprir o divino plano designado pelo Criador, estabelecido nas Leis Universais. ‚ÄúQuem quiser chegar a ser o que n√£o √©, dever√° principiar por n√£o ser o que √©‚ÄĚ. Esse axioma logos√≥fico sintetiza as bases de uma evolu√ß√£o consciente e progressiva, porque n√£o devemos acomodar-nos logo ap√≥s as primeiras conquistas no plano evolutivo. O esfor√ßo deve ser constante para que possamos alcan√ßar novos estados superiores na escala ascendente da evolu√ß√£o, visando sempre ser melhor do que conseguimos ser, o que deve contribuir para o aprimoramento da nossa conduta. Quando come√ßamos a sentir e compreender o grande objetivo da vida passamos a dedicar mais tempo aos aspectos transcendentes, com o objetivo de superar-nos, evoluir e nos constituir em verdadeiros servidores da humanidade. Para isso, √© necess√°ria uma grande consagra√ß√£o e a cria√ß√£o inteligente de energias internas, capazes de ajudar-nos a vencer tudo quanto atente contra os nossos elevados prop√≥sitos de bem e contra a firmeza de nossas determina√ß√Ķes. Com a ajuda dos conhecimentos logos√≥ficos pude perceber que a edifica√ß√£o de uma nova vida requer a elimina√ß√£o de todos os elementos negativos de que √© constitu√≠da e da aquisi√ß√£o de virtudes que s√£o altamente edificantes e que contribuem para a cria√ß√£o de uma nova individualidade. Sinval Lacerda Para mais informa√ß√Ķes sobre a Logosofia e a Funda√ß√£o logos√≥fica: www.logosofia.og.br
26/06/2016 às 18:14

Com a ajuda dos novos valores proporcionados pela Logosofia pude perceber que a evolução consciente deve ser realizada em todas as ordens da vida com a intervenção constante da consciência, para que possamos cumprir o divino plano designado pelo Criador, estabelecido nas Leis Universais.  

“Quem quiser chegar a ser o que não é, deverá principiar por não ser o que é”. Esse axioma logosófico sintetiza as bases de uma evolução consciente e progressiva, porque não devemos acomodar-nos logo após as primeiras conquistas no plano evolutivo.

O esforço deve ser constante para que possamos alcançar novos estados superiores na escala ascendente da evolução, visando sempre ser melhor do que conseguimos ser, o que deve contribuir para o aprimoramento da nossa conduta.  

Quando começamos a sentir e compreender o grande objetivo da vida passamos a dedicar mais tempo aos aspectos transcendentes, com o objetivo de superar-nos, evoluir e nos constituir em verdadeiros servidores da humanidade. Para isso, é necessária uma grande consagração e a criação inteligente de energias internas, capazes de ajudar-nos a vencer tudo quanto atente contra os nossos elevados propósitos de bem e contra a firmeza de nossas determinações. 

Com a ajuda dos conhecimentos logosóficos pude perceber que a edificação de uma nova vida requer a eliminação de todos os elementos negativos de que é constituída e da aquisição de virtudes que são altamente edificantes e que contribuem para a criação de uma nova individualidade. 

Sinval Lacerda 

Para mais informações sobre a Logosofia e a Fundação logosófica: www.logosofia.og.br



Comentários



Comentar post:

Nome/Apelido:


Email:


Comentário:



Não foi encontrado nenhum comentário!